Altamira promove ações marcantes durante o “Dezembro Vermelho” e celebra o Dia Mundial de Luta contra o vírus HIV com uma iniciativa especial

0

A Prefeitura de Altamira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) está engajada em uma Campanha em referência ao “Dezembro Vermelho” e ao Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Desde o primeiro dia do mês, diversas ações têm sido realizadas tanto nas ruas quanto em todas as Unidades de Saúde de Altamira.

A abertura oficial da campanha começou no Dia Mundial de Luta contra a AIDS, 1º de dezembro. Neste dia um mutirão de atendimentos à população tomou a Rua 07 de Setembro, em frente a Caixa Econômica Federal. Quem passou por ali pôde fazer testes para HIV, Sífilis e Hepatites Virais. Os profissionais de saúde também distribuíram preservativos e prestaram orientações sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). A mesma programação foi replicada nas 17 Unidades Básicas de Saúde da cidade.

Francimary Gomes da Silva, Coordenadora de DST AIDS de Altamira, destaca que a ação no Dia Mundial de Luta contra a AIDS representa uma intensificação real da testagem, acompanhada de informações cruciais para a população. “Nosso objetivo é dar visibilidade a esta data, além de testar o maior número possível de pessoas”, enfatiza Francimary.

A campanha continuará ao longo de todo o mês de dezembro, abrangendo diversas atividades e mobilizações relacionadas ao combate ao HIV/AIDS e às ISTs. Todas as ações seguem os princípios do Sistema Único de Saúde. Maria Aparecida, ao passar pela rua 7 de Setembro, deparou-se com a movimentação da campanha e decidiu participar dos testes oferecidos. “É importante para toda a população ter acesso a uma ação gratuita como essa, cuidar da saúde é um dos melhores investimentos na nossa vida”, afirmou Maria Aparecida.

A estudante de psicologia Sabrina Portilho participou da ação como voluntária e parabenizou a Secretaria de Saúde, pois para ela, esse tipo de ação é de alta relevância, uma vez que alcança diversos públicos da cidade, sendo acessível a todos. “A Secretaria de Saúde abriu esse espaço para os acadêmicos, permitindo que todos aprimorem seus conhecimentos e contribuam com a comunidade”, destaca Sabrina.

Destaque:

O “Dezembro Vermelho” foi instituído pela Lei nº 13.504/2017, com o objetivo de mobilizar a comunidade na luta contra o vírus HIV, a AIDS e as ISTs. A iniciativa visa conscientizar sobre a prevenção, assistência e proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV.

 

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade