Festa de São Sebastião, padroeiro de Altamira, leva centenas de pessoas para as ruas da cidade em procissão

0

No último sábado, 20 de janeiro, a cidade de Altamira viveu um momento de intensa devoção e gratidão durante a tradicional Procissão de São Sebastião. Centenas de fiéis se reuniram para homenagear o padroeiro da cidade, expressando suas emoções e agradecimentos por graças alcançadas.

Entre os participantes, Rosires Cruz compartilhou sua experiência. “Tô aqui pagando uma promessa que fiz para o meu neto, que tá bem, e graças a Deus e São Sebastião os pedidos foram alcançados. Todos os anos eu sigo a procissão de São Sebastião e o sentimento é de muita fé, muita emoção, e eu tenho uma promessa que enquanto eu tiver viva vou estar na procissão de São Sebastião.”

A festividade, que se tornou um evento católico anual em Altamira, foi destacada pelo devoto Pilila Carmo. “Nada mais é do que uma festa de gratidão, porque não dizer uma festa onde o povo se reúne para dizer: Obrigado São Sebastião pelas bênçãos e graças recebidas. Isso representa a vida, cura, Fé do povo de Altamira e nós estamos aqui pra dizer que São Sebastião sempre será o nosso mártir que cura e que cuida do povo do Xingu. O sentimento é de gratidão”, enfatizou.

Edivan dos Santos, outro devoto presente na procissão, compartilhou sua história de cura e agradecimento. “Pra mim é muito gratificante, pois foi através de São Sebastião que meu irmão foi curado da asma e minha filha foi curada de um acidente na perna, fiz a promessa e graças a Deus foram curados. E hoje estou aqui pedindo paz, saúde e fazendo essa caminhada nessa grande festa.”

A Procissão de São Sebastião em Altamira não apenas fortalece os laços de fé na comunidade, mas também destaca a importância do padroeiro como um símbolo de cura e proteção. A cidade expressa sua devoção e agradecimento, renovando a tradição que une gerações em torno da fé e da esperança.

“Tô aqui pagando uma promessa que fiz para o meu neto, que tá bem, e graças a Deus e São Sebastião os pedidos foram alcançados. Todos os anos eu sigo a procissão de São Sebastião e o sentimento é de muita fé, muita emoção, e eu tenho uma promessa que enquanto eu tiver viva vou estar na procissão de São Sebastião”, afirma Rosires Cruz.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade