Prefeitura de Altamira celebra o espírito natalino ao ritmo de bandas e fanfarra na orla da cidade

0

Altamira viveu uma atmosfera repleta de energia natalina neste último domingo, com a vibrante apresentação do Recital de Bandas e Fanfarras na Concha Acústica. Sob os holofotes da noite, a Orla da cidade se transformou em palco para um espetáculo de luzes, música e emoções.

A magia da noite não passou despercebida, especialmente para as famílias que compareceram para prestigiar as performances de seus filhos, assim como para aquelas que buscavam aproveitar o caprichado evento preparado pelos organizadores. Daniel Braga, acompanhado da esposa e filho, compartilhou seu entusiasmo: “Estamos absorvendo cada momento deste verdadeiro espetáculo. Tudo relacionado à cultura, ao incentivo aos jovens e adolescentes é incrível. A organização está de parabéns, a orla está deslumbrante; a população altamirense merece isso“, afirmou.

O maestro Robertinho da Percussão, regente da Fanfarra Municipal, expressou sua imensa alegria ao contribuir para a cultura de Altamira em uma noite tão especial. “É indescritível a emoção que estou sentindo“, compartilhou.

O apoio à cultura em todos os seus segmentos desempenha um papel fundamental na construção da identidade cidadã. Elvis Vinícius Souza, professor de musicalização e trombone da Escola de Música, destacou que cada detalhe foi pensado, ensaiado e apresentado com carinho. “É uma honra participar e proporcionar alegria às pessoas“, afirmou.

Em uma noite de entrega de um trabalho construído ao longo de 2023, o professor de teclado, Professor Moisés, expressou a gratidão pelo incentivo da gestão. “Todo apoio à cultura é um investimento nas crianças e adolescentes de Altamira“, ressaltou.

Crianças e adolescentes envolvidos no universo musical, empunhando instrumentos e desejosos de aprender, representam um ganho significativo para a sociedade. “Mesmo que alguns não se tornem músicos, com certeza serão ótimos cidadãos“, acredita o professor.

A emoção transbordou nas apresentações, e para Samylly Moreira, de 16 anos, do grupo de violão da Escola de Música Flávio Justino, foi um privilégio compartilhar seu talento. “Ensaiamos desde o início do ano para vivermos esse momento de pura emoção, arte e cultura“, destacou.

Entre todos os momentos mágicos da noite, a apresentação do grupo de flauta doce se destacou, trazendo muita emoção. Maria Eduarda (10) e Thor Oliveira (08), irmãos que participaram da apresentação, compartilharam a ansiedade e dedicação nos meses de ensaio. “Amo a música, quero aprender muito mais e aprimorar“, disse Maria Eduarda. “Estou pronto para a próxima apresentação“, afirmou Thor.

E o encerramento da noite, não poderia ser diferente, pois tudo foi memorável, do início ao fim. Dessa forma todos os alunos receberam o certificado de participação às aulas de música durante o ano de 2023. Uma certificação que simboliza muito mais a todos os alunos e familiares, ressalta a certeza de que estão no caminho certo.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade