Prefeitura de Altamira orienta sobre cuidados durante o inverno e garante vacina contra a gripe

0

Embora a prática de cuidados com a saúde seja essencial todos os dias, a chegada do período chuvoso torna indispensável intensificar certas precauções. De maneira abrangente, o período de chuvas pode aumentar a probabilidade de riscos e o surgimento de diversas doenças, tais como leptospirose, hepatites infecciosas, diarreias agudas, febre tifoide, dengue, chikungunya, zika, malária, doenças dermatológicas, e respiratórias infecciosas, como Covid-19.

Como é comum nesta época do ano, quando as chuvas são mais frequentes e aumenta a reprodução de mosquitos, a dengue volta ao radar das autoridades sanitárias. Em Altamira, nas duas primeiras semanas de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) registrou 926 notificações, sendo 343 casos confirmados da doença. Segundo o coordenador de Endemias, Régis Oliveira, a região Amazônica é endêmica, o que requer cuidados constantes na prevenção à dengue.

É quando chegamos ao inverno amazônico, período no qual estamos, que o Aedes Aegypti (mosquito transmissor da dengue), tem mais chances de se proliferar. Dentro desse alerta, Régis destaca o bairro Bela Vista como o mais afetado em Altamira, com 45 casos confirmados. “As visitas dos agentes de saúde estão sendo intensificadas, principalmente no bairro Bela Vista”, garante o coordenador.

No combate à dengue, a conscientização da população desempenha um papel crucial, permitindo uma contribuição efetiva às equipes de saúde e à comunidade local. Algumas formas de contribuição incluem aceitar a visita do agente de saúde, compreender os procedimentos e orientações fornecidos pelos agentes, evitar acúmulo de água em quintais, manter a caixa d’água tampada, evitar acúmulo de água em vasos de plantas, além de manter os quintais sempre limpos.

Entre as doenças comuns no período chuvoso em Altamira, também é possível destacar a leptospirose, transmitida pela urina e fezes de ratos. A coordenadora de Vigilância em Saúde enfatiza que os sintomas iniciais se assemelham aos da gripe, sendo a coloração da urina, que se torna escura, um diferencial. “O alerta é especialmente para crianças que gostam de brincar em poças formadas pela água da chuva e tomar banho com água que cai de “calhas” de telhados”, adverte. O tratamento, iniciado precocemente, requer internação.

É fundamental reforçar a prevenção como melhor abordagem, enquanto a vacina contra a dengue, aprovada recentemente pela Anvisa, não chega à rede pública de Altamira. Além disso, é indispensável procurar atendimento médico diante de sintomas gripais. “A UBS mais próxima de suas residências deve ser procurada. A UPA é destinada apenas a situações de emergência”, destaca a coordenadora de Vigilância em Saúde do município.

Para a população que pertence aos grupos prioritários e quer se manter protegida, vale destacar que as vacinas contra a influenza estão disponíveis em todas as Unidades de Saúde, de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

 

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade