Prefeitura realiza curso de capacitação para diagnóstico precoce da hanseníase

0

Com o principal objetivo de preparar profissionais de saúde para atuarem no controle da transmissão da hanseníase, e assim, diminuir as incapacidades causadas pela doença, bem como para incentivar o seu diagnóstico precoce, a prefeitura de Altamira está realizando o curso de capacitação em detecção de casos novos de hanseníase, que acontecerá entre os dias 23 a 27 de maio, no auditório da Funai, voltado para profissionais da área da saúde.

De acordo com a coordenação da Vigilância Em Saúde, Altamira possui atualmente cerca de seis (6) pacientes diagnosticados no município, sendo 4 homens e 2 mulheres, porém esse número segundo as autoridades de saúde, pode ser maior, devido à subnotificação e à baixa procura por pacientes em postos de saúde, para realizar diagnóstico precoce. Entre os anos de 2017 a 2021, esse número somou 126 casos em homens, e 101 em mulheres, um total de 227 casos.

Destinado para agentes comunitários de saúde (ACS), médicos, enfermeiros e fisioterapeutas, o curso é importante para promover a detecção de novos casos e assim impedir que pessoas com a doença, contaminem outras. É importante ressaltar que a doença tem cura e o tratamento é gratuito, ofertado pelo SUS nas unidades básicas de saúde do país.

Acompanhe.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade