Prefeitura recebe primeiro tomógrafo público que atenderá no Hospital Geral de Altamira

0

Equipamento foi adquirido por meio de convênio com o governo do Pará e com uma contrapartida da Prefeitura de Altamira. A chegada do tomógrafo significa um marco para a saúde pública do município.

A prefeitura de Altamira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESMA), recebeu no último sábado, 29/04, um tomógrafo de 16 canais com capacidade de atender mais de 50 pacientes em um intervalo de 24 horas. É um equipamento completo, incluindo uma estação de trabalho, que estuda mais a fundo as imagens processadas pelo tomógrafo, além de conter processos precisos que envolvam a necessidade de contraste.

Segundo o secretário municipal de saúde, a tomografia agilizará o diagnóstico, o tratamento e consequentemente a alta de um paciente internado. É o único tomógrafo público, agora disponível no município para as demandas do hospital e também da atenção básica da rede municipal.

“Nós temos uma capacidade maior agora de fazer o diagnóstico dentro do hospital, sem a necessidade de o paciente sair do hospital para ir a uma clínica particular para realizar esse exame, que já fica à disposição do médico para ser avaliado. Então, vai ajudar muito e dar agilidade em relação ao diagnóstico e tratamento dos nossos pacientes, como também vai atender demandas da nossa atenção básica, da nossa rede, em que os pacientes poderão fazer seus exames aqui no Hospital São Rafael”, explicou Antonio Carlos, Secretário Municipal de Saúde.

O tomógrafo foi adquirido por meio de um convênio, no valor de 900 mil reais, com o governo do Pará e teve uma contrapartida de mais de 500 mil reais da prefeitura. É um equipamento de última geração, que teve o investimento final de mais de 1 milhão e meio de reais. O tomógrafo ficará armazenado adequadamente nas dependências do hospital, até que a sala de tomografia esteja pronta.

“A sala que vai abrigar este equipamento tem uma especificidade técnica, com paredes baritadas e certificadas (devido a radiação), por isso o processo de construção se difere de uma construção comum”, completou o secretário de saúde, Antonio Carlos.

A entrega e armazenamento do equipamento também foram acompanhados cuidadosamente por um representante da empresa fabricante, especialista em engenharia clínica. A presença do profissional garante a segurança do tomógrafo, desde o manuseio ao seu acondicionamento adequado.

“A presença do fabricante é justamente o que ele produz para a resposta, que é o bem-estar de seres humanos, é a vida. E aquele que produz a sua própria tecnologia é responsabilidade dele também em implantá-lo”, explicou o mecatrônico e representante da empresa fabricante, Antenor Vinícius Fidelis Ferreira.

Para a direção do Hospital Geral de Altamira, a chegada do tomógrafo representa a luz de uma saúde pública mais dinâmica, expressiva e com resultados já esperados e celebrados.

“No tempo da Covid-19 se a gente já tivesse esse tomógrafo aqui, muitas vidas teriam sido salvas. Então pra gente é um motivo de muita festa, muita alegria, é gratificante ver o que tá acontecendo aqui hoje no hospital com o recebimento deste tomógrafo,” concluiu Wilha Borges, diretora do Hospital Geral.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade